Gentileza no amor. Como ter a relação amorosa que tu sempre sonhou.

Foto por Amber Lamoreaux em Pexels.com

Então, tu ama. Escolheu alguém pra chamar de teu, tens o desejo sincero de construir um relacionamento duradouro e profícuo. No entanto, parece que apesar de tudo, vocês não se entendem. Facilmente iniciam uma discussão. Cada um sente-se incompreendido e recebendo muito menos do que dá. Como mudar isso, como fazer dar certo e ter a relação amorosa que tu sempre sonhou ?

Olha, tenho que te dizer que o caminho é longo, difícil, requer dedicação e muuuita atenção. Longo; porque é trabalho diário e pra vida inteira. Difícil porque tens que iniciar olhando pra ti (tua forma de agir e pensar). Dedicação e atenção porque, se tu não perseverar, pode colocar tudo a perder.

Todos desejamos uma vida de plenitude, mas pouco fazemos para obter isso. Ouvimos afirmações como “seja você mesmo”, “não reprima seus sentimento”, “coloque-se em primeiro lugar”, “valorize-se” e etc. Essas afirmações são ruins? Definitivamente não.

O conteúdo da afirmação propriamente dita é menos importante do que a forma e o momento em que a empregamos. Acabamos por utilizá-las em momentos nos quais a frustração confronta nosso ego, muitas vezes, egoísta. Usamos preceitos bons para justificar nossa inabilidade emocional. E o quê isso tem a ver com um relacionamento amoroso feliz ?

É que para vivermos esse relacionamento tão sonhado devemos trocar nosso ponto de vista e aprender a aceitar a visão e sentimentos do outro. Assim, temos que nos afastar um momento e virar platéia. É preciso algum distanciamento de nós mesmos para ver tudo com clareza e justiça. Ou seja, precisamos de uma dose de imparcialidade.

Entretanto, não falo aqui aos relacionamentos abusivos, nos quais encontramos humilhação, desprezo, descuido injustificado e extremo, violência e desamor. Falo aos relacionamentos comuns, formados por indivíduos em progressão que amam mas que ainda não atingiram todo o potencial dele( do amor).

Queri te relevar o que julgo ser o primeiro passo no caminho para relacionamento dos teus sonhos. GENTILEZA.

É. GENTILEZA. Te parece simples? Será?

A questão é olhar e não perder de vista a ideia de colocar-se SEMPRE no lugar do outro. Seja gentil com a pessoa que tu escolheste. Deixei de pagar na mesma moeda. Use de boas maneiras em casa. É aquilo que nossas mães nos ensinaram quando pequenos. Mas vai muito além de dizer ‘bom dia”, “obrigada”, “por favor”.

Inicie com valorização. Tu não gosta de receber elogios? Então…?!

“Mas eu tenho razão”. Eu te digo, o quê isso importa?

Elogios sinceros criam uma atmosfera de colaboração. Há uma tendência em nós de nos alinharmos com as expectativas. Se dizem e esperam que sejamos bons, assim seremos. Tu é como um espelho para o seu parceiro. Esforce-se em refletir o que é bom nele. No entanto, infelizmente, o peso dos elogios é menor que o das críticas. Então elogie várias vezes mais que critique. E por favor, NUNCA critique em público. Já reparou quantas vezes por dia tu critica ou caçoa do teu “amor”?

O mais importante é compreender a situação e resolver o problema e aceitar que, na maioria das vezes, ambos têm, em parte, razão e responsabilidade. Se te ferirem verbalmente ou com atitudes egoístas, cala-te, silencia e te afasta por algum tempo e aproveita para refletir se tuas atitudes contribuem para o conflito. Se sim, pede desculpas sinceras pela parte que te cabe. Não acuse, deixe para outra hora a discussão sobre a parte que cabe ao outro.

Para terminar, te deixo um desafio; passar um dia inteiro sem emitir nenhuma acusação, crítica, sermão ou ridicularizar mesmo que seja de brincadeira a “tua pessoa”. Por um dia, concentre-se no que é bom. E seja só elogios.

Experimente e veja o que acontece. Boa sorte!

Um comentário sobre “Gentileza no amor. Como ter a relação amorosa que tu sempre sonhou.

Os comentários estão desativados.